Política

João Azevêdo destaca empenho de Veneziano para garantir aprovação de empréstimo

O governador da Paraíba, João Azevêdo, agradeceu ao Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) o seu empenho para garantir a aprovação da operação de crédito através da qual a Paraíba será beneficiada com US$ 50 milhões (algo em torno de R$ 200 milhões). O montante será investido em ações do Programa Cooperar. A solenidade ocorreu na tarde desta quarta-feira (13), na sede do Banco Mundial, em Brasília.

Na oportunidade, João afirmou que a aprovação dentro do prazo, que era muito curto, foi um grande presente para os paraibanos, considerando o limite de tempo disponível para avaliação da proposta. E destacou a atuação de Veneziano para que todo o processo de apreciação da matéria ocorresse aproveitando os dias úteis disponíveis.

“Nós conseguimos transformar o impossível no possível. No Senado, o Senador Veneziano teve um papel fundamental em permitir que, de quatro alternativas que nós tínhamos, pois a Comissão de Assuntos Econômicos só se reúne às terças-feiras, das quatro alternativas nós tínhamos, apenas uma era viável, que era primeira reunião, porque as outas, uma era na terça-feira de carnaval, outra na terça-feira que o Ministro Paulo Guedes iria se reunir na Comissão e (a votação do empréstimo) se tornaria impossível, e a outra terça-feira seria a próxima, que é dia 19 de março, um dia antes da data-limite para a assinatura do contrato, que seria 20 de março”, lembrou o governador.

Ele também agradeceu a Veneziano por intermediar audiência com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para que os prazos, na CAE e em Plenário, todos muito curtos, não inviabilizassem a aprovação do empréstimo. “Nesse esforço, e aí vai também um agradecimento ao presidente do Senado, que teve essa sensibilidade e que, de uma forma muito proativa conseguiu, na primeira terça-feira, que foi o dia 26, colocar em votação, aprovar o requerimento de urgência, no mesmo dia ir pra plenário, ser aprovada no plenário e ser publicada no dia seguinte. Eu diria que foi um recorde”.

A Votação – O esforço para garantir a aprovação teve sua primeira “prova de fogo” na reunião da CAE do dia 26 de fevereiro, quando um pedido de adiamento da votação chegou a ser sugerido, mas graças à intervenção de Veneziano, com argumentos técnicos e incisivos, a matéria foi votada e aprovada de forma unânime. No mesmo dia, à tarde, Veneziano voltou defender a aprovação, desta vez no Plenário do Senado. E, após fazer a defesa do projeto, ele foi novamente aprovado por unanimidade.

Investimentos – Veneziano lembrou que o empréstimo significará muito para o Estado, pois vai permitir ao Governo da Paraíba realizar grandes investimentos no semiárido, especificamente junto ao Projeto Cooperar. “Esses recursos serão utilizados para sequenciar o projeto Cooperar, beneficiando uma gama significativa de paraibanos”.

Ele disse que a Paraíba fez por merecer a aprovação da abertura de crédito, citando o esforço do Governo do Estado em manter as finanças equilibradas; e lembrou que, ao longo dos últimos 8 anos, a Paraíba, sob o comando do então governador Ricardo Coutinho (PSB), manteve-se numa rigidez econômica e fiscal, garantindo a condição de competitividade entre os estados nordestinos.

“Nós passamos a figurar, entre os Estados brasileiros, como a 10ª unidade com a melhor capacidade competitiva. Na região Nordeste alcançamos, progressivamente, a condição de estado número 1 em competitividade, com muita luta e esforço”, disse o Senador paraibano, ressaltando que a Paraíba cumpre todas as condições fiscais para que a União garanta a operação no Banco Mundial.

Tags: Tags: