Fale Conosco

O Parque Ecológico Cultural de Picuí, na Região da Borborema, com menos de dois anos de existência, veio abaixo na manhã desta terça-feira (23). O equipamento, construído com recursos do Estado foi inaugurado em 2013 no local onde antes era um lixão, pelo então prefeito Buba Germano e pelo Governo do Estado. A estrutura oferecia atividades esportivas para crianças e adolescentes da região com idades entre 10 e 17 anos. A informação foi publicada no Blog do Helder Moura.

A obra foi inaugurada, há menos de dois anos, e recebeu recursos do Governo do Estado, em 2013, em obra inaugurada pelo Governador do Estado e pelo o então prefeito Buba Germano. Mas, o fato é que o Parque Ecológico de Picuí, com menos de um ano de existência… desabou. Na manhã desta terça (dia 23), sua estrutura veio abaixo .

Durante a sua construção, o então prefeito foi muito criticado pela oposição, por situar o Parque num local onde antes funcionara um lixão, e o solo não apresentava a devida consistência para a realização da obra. Segundo os engenheiros, era necessário de um pouco mais de tempo para que o solo repousasse, antes de ser utilizado na construção.

Desde a inauguração, já era possível ver que as irregularidades estruturais da obra, inclusive com o lixo brotando do chão e o auditório cedendo. Segundo a vereadora Jozelma de Aguifá, “o prefeito Buba Germano foi alertado, desde o começo, mas seguiu com a obra, inclusive em parceria com o Governo do Estado e ai está o resultado.”

BG