Fale Conosco

Na última sexta-feira(31) a Fundação Oswaldo Cruz e a farmacêutica britânica AstraZeneca assinaram um temo de transferência de tecnologia entre os dois laboratórios para que 100 milhões de vacinas contra covid-19 sejam produzidas, caso a eficácia e a segurança do medicamento que vem sendo desenvolvido seja comprovada. A vacina atualmente vem sendo desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido, e já se encontra em fase de testes clínicos.

O Ministério da Saúde informou queprev^`e um repasse de R$ 522,1 milhões de reais para a Fiocruz que está produzindo as vacinas no Brasil. A vacina será distribuída pelo Programa Nacional de Imunização, que atende o Sistema Único de Saúde (SUS).