Cultura

Enquanto Bolsonaro persegue a Cultura e fecha portas, João anuncia 14 editais e garante apoio: “geração de emprego e renda”

O governador João Azevêdo participou, na noite desta quinta-feira (28), em João Pessoa, do 14º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, ocasião em que anunciou, para janeiro de 2020, o lançamento de edital voltado para a realização de 14 festivais de cinema na Paraíba. 

“É com esse compromisso que vamos fazer com que a Paraíba se mantenha respeitada nacionalmente. Nós tivemos a possibilidade de investir, neste ano, mais de R$ 16 milhões na cultura, temos programas importantíssimos para a nossa sociedade, como o projeto Prima, a orquestra Sinfônica da Paraíba, o festival Jackson do Pandeiro e festivais de cultura quilombola e cigana e é com esse olhar para segmentos da sociedade paraibana que asseguramos inclusão”, destacou o governador.

Em sua participação no Fest Aruanda, o governador também garantiu o apoio do Governo do Estado para fortalecer o evento nas próximas edições. “Nós vivemos em um momento do país que a cultura é relegada a segundo plano e precisamos resistir e esse festival é, acima de tudo, uma manifestação de resistência, e de comprovação de que investir na cultura vale a pena porque esse também é um segmento que gera emprego e renda”, concluiu. 

Da redação

Tags: Tags: