Fale Conosco

Enquanto concedia entrevista à TV Correio, emissora paraibana, o senador Ney Suassuna (Republicanos) teria feito um gesto obsceno enquanto comentava sobre o estado de saúde do também senador, agora licenciado, José Maranhão (MDB), que está internado na UTI de um hospital em São Paulo para tratamento contra Covid-19. A atitude foi repudiada foi pelo MDB, família de José Maranhão, além de repercutir nas redes sociais.

Com a repercussão negativa do fato, a assessoria de Ney emitiu nota de esclarecimento afirmando que o senador não teria feito gesto obsceno ao se referir a recuperação de Maranhão.

“Na verdade, o senador gesticulou com a mão direita ao reclamar da entrada de um assessor na sala onde concedia a entrevista. Qualquer outra interpretação do vídeo significa uma atitude maliciosa”, diz o comunicado.

Veja nota na íntegra:

Nota de esclarecimento do senador Ney Suassuna

O senador Ney Suassuna (Republicanos/PB) rechaçou com veemência que tenha mostrado o dedo da mão direita quando se referia a recuperação do estado de saúde do senador José Maranhão, diagnosticado com Covid-19, em recuperação na cidade de São Paulo.

Na verdade, o senador gesticulou com a mão direita ao reclamar da entrada de um assessor na sala onde concedia a entrevista. Qualquer outra interpretação do vídeo significa uma atitude maliciosa.

No mais, na mesma entrevista prestou solidariedade ao senador José Maranhão, e desejou pronto restabelecimento, além de rápido retorno ao Senado Federal. Foi o que ocorreu.

Assessoria de Imprensa

Confira o vídeo com o momento citado: