Fale Conosco

O deputado federal Efraim Filho já deu o tom das eleições deste ano em Campina Grande. O objetivo é lançar um pré-candidato viável politicamente. Caso contrário, o DEM não deve perder tempo nem recurso remando contra a maré. De acordo com Efraim, o partido só entrará na disputa por uma cabeça de chapa caso uma pesquisa aponte que o candidato da legenda tenha pelo menos 10% de aceitação. Caso contrário, partirá para as alianças.

Na Rainha da Borborema, quem estará sob avaliação é o nome do coronel reformado do Exército, Márcio Saraiva, que se colocou como pré-candidato à Prefeitura de Campina Grande pelo Democratas com uma agenda declaradamente conservadora.

“A participação na chapa majoritária ficou com a executiva estadual. Demos total liberdade para a chapa proporcional, mas quem define o espaço na chapa majoritária é a estadual. Márcio Saraiva se posicionou como pré-candidato. Ficando 10 pontos nas pesquisas podemos tentar abraçar a pré-candidatura, agora tem que apresentar viabilidade”, contou.

Na cidade, o objetivo maior do DEM é investir nas candidaturas proporcionais e restabelecer a representação do partido no Legislativo.