Fale Conosco

O secretário de Ciência e Tecnologia (Secitec) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o vereador licenciado Durval Ferreira (PP) que também é presidente do Conselho Administrativo do Polo Extremo Oriental das Américas (Extremotec), foi recebido pelo diretor de tecnologia da empresa Conductor, Fernando de Paula, na manhã desta quinta-feira (30) .

O objetivo da reunião, que aconteceu na sede da empresa, foi apresentar projetos em áreas comuns, buscar parcerias para ampliação de ações da pasta além de estreitar laços entre a diretoria do Polo e seus afiliados.

A Conductor, é uma das mais de 74 empresas, entre filiadas e em processo de deferimento, que buscaram apoio no Polo Extremotec e já é parceira da Secitec no projeto Banco de Oportunidades. “Esta reunião foi importante para trocar experiência para futuras parcerias em projetos da própria Secitec. Além disso, como presidente do Conselho Administrativo do Extremotec é papel meu visitar as empresas para acompanhar o desenvolvimento e buscar um diálogo contínuo”, afirma Durval.

Para Fernando de Paula, a importância da parceria com o Banco de Oportunidades é essencial para desenvolver a base de profissionais que o mercado precisa. “Sou de São Paulo e percebo o quanto os colaboradores de João Pessoa gostam de estudar. Estamos cientes da importância da educação e do conhecimento e por isso investimos fortemente em parcerias com universidades públicas e particulares de João Pessoa. Temos mais de 30 alunos no programa”, termina o diretor.

Sobre o Banco de Oportunidades

O projeto Banco de Oportunidade é uma iniciativa criada em 2018 pela Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) da Prefeitura Municipal de de João Pessoa (PMJP). O objetivo do projeto é capacitar força de trabalho e direcioná-las para o mercado de tecnologia da Paraíba com foco nas empresas filiadas ao Polo Extremo Oriental das Américas (Extremotec).

O Banco de Oportunidades consiste em um banco de dados alimentado pela Secitec e disponibilizado para essas empresas que acessam a plataforma com informações de alunos que passaram recentemente por cursos de formação em Tecnologia da Informação (TI) entre outras áreas do conhecimento promovidos pela secretaria. Neste momento, as empresas podem selecionar sua própria mão-de-obra, facilitando a contratação por parte do mercado e abrindo portas para que o aluno recém formado possa conseguir seu primeiro estágio ou emprego.