Fale Conosco

Desiludida com a política, a medida Tatiana Medeiros (PMDB), anunciou a sua desistência de disputar novos mandatos eletivos e a partir de agora terá uma participação apenas como coadjuvante nas próximas disputas eleitorais. Em entrevista concedida em Campina Grande, a peemedebista manifestou o seu desencanto com a política.

A decisão foi tomada depois dos resultados das últimas eleições, quando não conseguiu obter sucesso nas urnas, perdendo a sua terceira eleição. Ela foi candidata a deputada estadual e obteve pouco mais de 11 mil votos.

Tatiana que também foi candidata a prefeita de Campina Grande em 2012 perdendo para o tucano Romero Rodrigues declarou que é natural que Veneziano Vital do Rêgo seja candidato em 2016.

– No meu entendimento essa postulação é natural. A preço de hoje quero colaborar, mas não pretendo mais lançar candidatura, pois aquelas pessoas que não dependem da política, como eu, que sou médica e vivo do meu trabalho não precisam disso. A política só fez me subtrair – comentou.

Ela disse que a candidatura própria do PMDB não era bem vista pela população e que já comentam a sua expulsão do PMDB que, em sua opinião, saiu menor do que entrou das eleições 2014.

Essa foi a terceira vez que a médica disputou um mandato a primeira vez foi em 2010 quando disputou um mandato na ALPB, mas não obteve êxito. Em 2012 ela disputou a PMCG com apoio de Veneziano Vital do Rêgo e obteve 30% dos votos no primeiro turno. Na disputa contra o tucano Romero Rodrigues, Tatiana conseguiu obter mais de 90 mil votos,  levando as eleições para o segundo turno.

Este ano, a médica aderiu ao governador Ricardo Coutinho (PSB), ainda no primeiro turno, gerando assim descontentamento entre os peemedebistas visto que naquele momento da campanha, o PMDB tinha um candidato disputando o governo do Estado.

Severino Lopes

PBAgora