Fale Conosco

Nesta sexta-feira (18), os defensores públicos da Paraíba definiram a lista tríplice que elegerá o defensor público-geral do estado para o biênio 2021/2022. Ricardo José Costa Souza Barros, atual defensor público-geral, obteve o maior número de votos, totalizando 162. A atual subdefensora pública-geral Maria Madalena Abrantes Silva conquistou 160 votos. O terceiro componente da lista é Gerardo Lins Rabello Sobrinho, membro do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado (DPE-PB), com 115 votos.

Os defensores públicos José Celestino Tavares de Souza, Dirceu Abimael de Souza Lima e Ângela Maria Dantas L. de Abrantes obtiveram 85, 35 e 20 votos, respectivamente. A defensora Ryveka Campos Martins Bronzeado desistiu da candidatura na véspera da eleição. Dos 221 defensores públicos aptos a votar, 217 registraram o voto, sendo 108 de forma eletrônica e 109 de forma presencial.

Neste ano, as eleições ocorreram nos dois formatos, presencial e online, como forma de prevenção à disseminação da Covid-19 e considerando, sobretudo, o fato de aproximadamente 80% dos defensores públicos da Paraíba estarem dentro grupo de risco.

Na votação, cada defensor pôde escolher até três nomes entre os seis candidatos disponíveis. A lista com o resultado será encaminhado pelo presidente da Comissão Eleitoral, o defensor Argemiro Figueiredo, para o governador João Azevêdo. João terá um prazo de 15 dias para escolher, entre os nomes citados, o próximo defensor público-geral da Paraíba.