ParaíbaPolítica

Comissão Processante apura pedido de cassação e decide notificar prefeito interino de Bayeux, Luiz Antônio

Na manhã desta quarta-feira (24), a Comissão Processante da Câmara Municipal de Bayeux decidiu durante reunião para deliberar quanto ao pedido de cassação do prefeito iterino de Bayeux, Luiz Antônio, que dois membros da Comissão irão notificar o atual gestor.

Logo após a notificação, o prefeito interino terá dez dias úteis para apresentar sua defesa junto a Comissão processante, podendo ter até 10 testemunhas de defesa. Após a presentação da defesa todos os atos da Comissão Processante deverão contar com a presença de Luiz Antônio ou de um procurador nomeado por ele.

O relator do caso, vereador Cabo Rubem (PSB), terá o prazo de cinco dias úteis para apresentar o parecer sobre o arquivamento ou prosseguimento da denúncia.

A notificação irá acontecer após a Câmara da cidade aceitar o pedido de cassação do prefeito interino que foi flagrado cobrando valores a um empresário do município, provavelmente para articular um golpe contra o prefeito afastado Berg Lima.

Esse é o segundo pedido de cassação do prefeito interino que já é investigado por supostamente usar a máquina pública para denegrir a imagem do deputado federal André Amaral (MDB).

Tags: Tags: