Fale Conosco

Um levantamento exclusivo feito pelo Ranking dos Políticos mostrou o abuso na concessão de passaportes diplomáticos a senadores e suplentes. Segundo uma portaria do Itamaraty, a concessão e a utilização dos passaportes especiais para parentes estão vinculadas à missão oficial.

A regra, é claro, é ignorada tanto no Senado quanto na Câmara.

Veja a lista dos parlamentares que usaram e abusaram do recurso no Senado:

1. Omar Aziz (PSD-AM) lidera a farra, com seis passaportes especiais. Além dos dois filhos e a mulher, ele também solicitou o benefício para dois enteados.

2. Lasier Martins (PSD-RS) é dono de quatro, incluindo dois enteados e a mulher.

3. O mesmo número ostentado por Fernando Collor (PTC-AL), que destinou o benefício a dois filhos e a mulher.

4. Sérgio Petecão (PSD-AC) também possui quatro, englobando filhos e a mulher.

5. Simone Tebet (MDB-MS) é outra que ostenta quatro documentos especiais. São utilizados pelo marido e dois filhos.

6. Thieres Pinto, primeiro suplente de Telmário Mota (PTB-RR), tem o record da Casa, com cinco passaportes especiais, destinados a sua mulher e os três filhos.

A informação é da coluna Radar, da Veja.

Da redação