Fale Conosco

Mantendo o padrão de distorcer fatos e declarações para tentar comprometer a imagem do candidato Cássio Cunha Lima (PSDB), a coligação do governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB) insiste em espalhar uma mentira que já não tem mais sentido como informação, diante de tantos desmentidos do senador tucano: a privatização da Cagepa.

         “Quem não consegue lidar com a própria verdade de um governo distante das promessas da última campanha eleitoral, o caminho da mentira deslavada passa a ser um recurso recorrente”, lamentou na tarde desta terça o candidato Cássio.

         Fazendo uso de uma resposta editada de Cássio ao JPB 2ª Edição na noite desta segunda-feira, 13, a assessoria da coligação de Ricardo espalhou, com apoio de parte da mídia governista, que Cássio teria admitido privatizar a estatal que administra os setores de água e esgoto da Paraiba.

         Como vem repetindo sistematicamente em todas as abordagens sobre o assunto, Cássio deixa claro, de forma categórica, que não faz parte de seus planos privatizar uma companhia estratégica para o Estado, principalmente no que concerne à garantia de água potável para as áreas urbanas e zona rural.

         Cássio admite, de forma transparente, que poderá ou não levar a efeito parcerias público para a expansão da rede de esgoto, a exemplo do que vem ocorrendo com sucesso em outros estados, levando-se em conta as limitações orçamentárias e financeiras da Cagepa para atender demanda crescente na Paraíba.