Fale Conosco

O Governo não se mexeu e o dia chegou. As 72 horas que os médicos cirurgiões do Hospital de Emergência e Trauma deram para que RC negociasse e resolvesse a situação estão terminando e 23 médicos vão entregar, daqui a pouco, isso mesmo, hoje a noite, suas cartas de demissão.

Os cirurgiões queriam que o Governo RC reajustasse o valor dos plantões, e sabe o que eles receberam como resposta? O silêncio e a indiferença de um governante que pensa ser o dono do mundo e quer todos aos seus pés.

Agindo como rei e esperando que todos voltem atrás nas decisões, esse governo não dá certo, mais parece um reinado ou ditadura.

Esta é a realidade: a partir da noite desta sexta, as pessoas que necessitarem de um procedimento cirúrgico não terão o atendimento porque não haverá médicos cirurgiões no maior hospital público da Paraíba. O caos na saúde pública está piorando.

E agora Ricardo Coutinho, o que será feito? E as promessas feitas durante a campanha?