Paraíba

Após protestos, secretário de Saúde explica desativação de pronto atendimento em Patos

O secretário de Saúde de Patos, Umberto Joubert, respondeu à manifestação feita na última segunda-feira (9) que pedia pela reabertura do Pronto Atendimento Maria Marques no município. De acordo com o Joubert, a estrutura, que foi fechada após fiscalizações, foi um “ajeitado que segura” a saúde da cidade há mais de dez anos.

“Mas os órgãos de controle realmente notificaram e não pode ter medicações injetáveis naquele local“, falou o secretário, que também informou quais profissionais de saúde estão atendendo na UBS e em quais horários.

Para o presidente da União Municipal das Associações Comunitárias Rurais e Urbanas de Patos, Roberto Lima, a desativação da unidade causa enormes prejuízos à população da região.

Da redação com informações do Diário do Sertão

Tags: Tags: