Fale Conosco

Após exonerar comissionados, vetar férias e licenças para tratamento de interesse pessoal, o prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, anunciou que mais medidas amargas podem ser tomadas para reverter a situação financeira do município.

O prefeito informou que ainda está se inteirando sobre a situação dos cofres da cidade, mas fará o que for necessário para reduzir a folha de pagamento e trazer um enxugamento para a máquina pública. O gestor garante que tem se reunido e buscado informações para saber quais serão os próximos passos.

“Não tomaremos nenhuma decisão intempestiva, será tudo analisado e estudado”, declarou.

Da redação