Fale Conosco

Após ser intensamente criticado por permitir a realização de festivais em Cabedelo com aglomerações e pessoas sem máscaras, o prefeito da cidade, Vitor Hugo, anunciou que irá emitir um novo decreto reduzindo de 80% para 60% a capacidade de público em eventos.

Através de vídeo publicado em seu Instagram, Vitor Hugo informou que a fiscalização do uso de máscaras será reforçada, como também haverá uma cobrança mais efetiva da apresentação do exame PCR contra a Covid-19 antes da entrada no local dos shows.

O gestor cabedelense ainda se desculpa por não ter usado máscara de proteção durante o Fest Verão. “Em certo momento eu também me descuidei, tirei a máscara. Todo mundo sabe que eu sou uma pessoa chicleteira, de coração e errei. Eu sempre aprendi a reconhecer meus erros e me desculpar por eles e não vou errar mais”, declarou.

No último fim de semana, vídeos e imagens do Fest Verão repercutiram nas redes sociais. As cenas de descumprimento dos protocolos sanitários foram criticadas pelo governador João Azevêdo, prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, e pelo secretário-executivo de Saúde da Capital, Luís Ferreira Filho.

Segundo decreto divulgado pelo Governo da Paraíba em vigência até o dia 31 de janeiro deste ano, é permitida a realização de eventos como shows com 80% da capacidade do local. Para acesso aos espaços, ainda é exigida a apresentação do passaporte da vacina contra Covid-19.

Assista:

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Vitor Hugo (@vitorcastelliano)