Fale Conosco

Duas informações antagônicas embaralham o jogo da sucessão na Paraíba e lançam um ponto de interrogação. Falo do destino do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, cotado e cortejado para ser candidato a senador na chapa com João Azevedo.

A sexta feira amanheceu debaixo de temporal em quase toda a Paraíba. Do sertão veio  a noticia de que uma prefeita da base de Aguinaldo anunciou apoio a candidatura de Efraim e que Aguinaldo, consultado, não teria feito objeção.

Mais que isso, uma fonte garante que Aguinaldo e Efraim Filho conversaram e que ele teria dito ao pré-candidato do DEM que vai disputar a reeleição, chegando até a estimular o colega na disputa majoritária.

Ato seguinte, um portal trouxe ainda pela manhã a informação de que um marqueteiro nacional importante havia sido contratado por Aguinaldo, mas não disse para que missão exatamente e logo passaram a especular que poderia ser para cuidar da candidatura de Daniella ao governo.

Sabe-se que, após a eleição de Cícero, foi firmado uma parceria onde o governador João Azevedo teria garantido ao Progressistas uma vaga na majoritária. Mas em nenhum momento a senadora Daniella deu sinais de que era isso mesmo, apesar de saber que o irmão tem o sonho de disputar o Senado e que só tem chance na chapa de João.

Resta agora saber se Aguinaldo estimulou Efraim Filho jogando cascas de banana, pois tá muito longe do pleito e quem parte cedo corre o risco de queimar a largada e não aguentar a pressão do pede-pede, ou se realmente amarelou e passou o bastão para a irmã.

Dércio Alcântara