Fale Conosco

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, excluiu sua conta no Twitter nesta quinta, 29, após alegar que seu perfil foi usado indevidamente por alguém para ofender o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na noite de quarta, uma publicação do perfil de Salles em resposta a Maia chamava o deputado de “Nhonho”. No dia 24, Maia havia tecido críticas à sua atuação.

Por volta das 6h30 desta quinta, 29, após repercussão no meio político, o ministro postou outro comentário na rede social: “Fui avisado há pouco que alguém se utilizou indevidamente da minha conta no Twitter para publicar comentário junto a conta do Pres. da Câmara dos Deputados, com quem, apesar de diferenças de opinião sempre mantive relação cordial”. Pouco depois, a conta de Salles no Twitter desapareceu.

Imagem

Na manhã desta quinta-feira, Salles pediu que a Agência Brasileira de Investigação (ABIN) investigue a suposta invasão de sua conta no Twitter. O ministro foi orientado por interlocutores a bloquear sua conta no perfil por um “procedimento de segurança”, segundo relatos à reportagem. O Estadão apurou que, além da Abin, Salles também acionou o Twitter para tentar identificar a origem do login supostamente feito por um invasor. A interlocutores, o ministro disse que deve voltar à rede social depois que o episódio for esclarecido.