Fale Conosco

Pensando no desenvolvimento da Paraíba a partir da realização de obras estruturantes,  o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), candidato ao governo do Estado pela Coligação Renovação de Verdade, reafirmou nesta segunda-feira (25), o seu compromisso de modernizar e ampliar o Porto de Cabedelo, além de construir o Porto de Águas Profundas no Litoral Norte (Porto Oceânico) paraibano. Os dois equipamentos estão previstos no Programa de Estado de Vital que contem cinco grandes eixos estruturantes.

O eixo portuário prevê a modernização e ampliação do Porto de Cabedelo além do programa de Integração das Bacias. Vital lembrou o governo socialista lamentavelmente abandonou totalmente o Porto de Cadebelo não dando a devida importância ao equipamento. Nem mesmo com  R$ 40 milhões deixados pelo governo do PMDB para a ampliação do calado do Porto, o atual governo  teve competência para concluir a obra.

Sua pretensão é estruturar o Porto em parceria com o governo federal, tornando-o assim, competitivo e funcional.

“Nosso governo em parceria com a presidente Dilma vamos modernizar o Porto de Cabedelo, especializando-o em grandes navegações, criando uma estrutura que favoreça a implantação de um centro de distribuição logístico. Assim, haveremos de dar funcionalidade e competitividade ao Porto” garantiu Vital.

Vital também garantiu a construção do Porto de Águas Profundas, no Litoral Norte da Paraíba. Ele lembrou que o projeto foi concebido pelo PMDB, mas também foi abandonado pelo governo atual. O Porto segundo o senador peemedebista, terá um papel importantíssimo para alavancar de vez o desenvolvimento no Estado. A construção do Porto segundo o senador peemedebista será fundamental para a integração física dos ramais que vão levar à Paraíba ao desenvolvimento.

A proposta do senador também é preparar à Paraíba para receber as águas oriundas da transposição do Rio São Francisco, cujas obras construídas pelo governo federal, se encontram em ritmo acelerado.  “Vamos fazer  a nossa parte na gestão de recursos hídricos. Campina será a gestora dos recursos hídricos no estado e vamos preparar a Paraíba para receber as águas da transposição com um arrojado projeto de irrigação e melhoria em nossos reservatórios” afirmou.