Fale Conosco

O diretório nacional do PT já começou a castigar Anísio Maia (PT) por ir contra a decisão de apoiar a candidatura de Ricardo Coutinho (PSB). Após sofrer derrota na Justiça a cúpula de caciques da legenda petista fez uma doação de R$ 30 para o ex-presidiário Ricardo Coutinho e esvaziou as contas do diretório do PT em João Pessoa, mandando um claro recado a Anísio Maia: se a gente não pode mandar, a gente também não vai ajudar financeiramente.

E o castigo já começa a fazer efeito, pois Ricardo já soma R$ 161 mil em doações, enquanto Anísio tem apenas R$ 7 mil. Para uma campanha para prefeito de uma capital, a diferença nos recursos pode definir quem vai e quem fica. E mesmo ganhando a guerra judicial, Anísio não parece que vai ganhar a guerra política, que é a mais importante nesse caso.

Infelizmente, a política tem dessas. Nem sempre – quase nunca, na verdade – é justa. Enquanto o ex-presidiário recebe dinheiro de Deus e do mundo, há candidatos por aí mais decentes que não têm a mesma sorte.