Fale Conosco

Durante fala oficial à imprensa, quando falava sobre projetos enviados ao Congresso e sobre a necessidade de criar novos tributos para desonerar a folha de pagamento, o ministro Paulo Guedes foi cortado por parte da equipe que lhe acompanhava – ou devo dizer vigiava? Guedes falava sobre o auxílio emergencial, quando o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), interrompeu a entrevista, dando ela por encerrada, enquanto Luiz Eduardo Ramos, da ala militar, o afastava dos microfones e dos jornalistas.

Aparentemente, o super secretário de Bolsonaro – para muitos, o grande trunfo do governo – não manda mais em nada, só obedece ordens. Quanto tempo será que ele aguenta? Veja o vídeo: