Paraíba

Veneziano diz que a reforma trabalhista traz um prejuízo enorme aos direitos dos trabalhadores

O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) reafirmou, neste final de semana, que continua a ter em mente que a reforma trabalhista do jeito que foi aprovada pelo Congresso Nacional traz um prejuízo enorme aos direitos dos trabalhadores. Para o parlamentar paraibano, que votou contra a reforma, juntamente com o deputado federal Luiz Couto (PT), o projeto em vigência traz grandes riscos para os trabalhadores, e ele não vê a perspectiva de criação de novos postos de trabalho.

“Eu não vejo que se cria segurança jurídica, eu não enxergo que o trabalhador vai estar em condições de discutir isso com os patrões e a terceirização passa a ser aplicada em toda a sua extensão, da atividade meio à atividade fim”, elencou o deputado, destacando que o texto aprovado produzirá subempregos e insegurança para o trabalhador.

“Da maneira como foi posta, a reforma trabalhista apenas garante ainda mais os instrumentos de imposição que o empregador terá sobre aquele que está emprestando a sua força de trabalho”, disse Veneziano ai citar o caso do trabalho intermitente e da carga de 12 horas diárias.

Um dos argumentos que o deputado utiliza para demostrar o quão prejudicial à reforma trabalhista é que, após sua aprovação, o Governo Federal vai enviar uma nova Medida Provisória para fazer correções no projeto de origem. Para ele, a aprovação da reforma trabalhista é um “prato cheio para gestores como o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), que não querem realizar concurso público e encher a folha de pessoal com contratações”.

Anteriormente, Veneziano já tinha votado contra matérias que prejudicam os trabalhadores, a exemplo da terceirização, e já anunciou que vai se posicionar contrário ao projeto da Reforma da Previdência, na forma como está sendo sugerido pelo Governo Federal, notadamente em relação à idade mínima para aposentaria.

Fonte: Paraíba Já
Tags: Tags: