Fale Conosco

Além de caixão não ter gaveta para levar os pertences, o templo da salvação de quem aglomera e prioriza o lucro ao invés da vida, tá com uma fila de arrodear limousines, segundo informa Lauro Jardim, de O Globo.

“O Sírio-Libanês, em São Paulo, contabilizava na noite de domingo uma fila de 28 pessoas para internação da UTI de Covid do hospital.

É a maior fila desde o início da pandemia. A fila vem crescendo.

Na noite de quinta-feira, por exemplo, a lista de espera contava com 22 pacientes”.