Política

Todo cuidado é pouco com a plantação de melancias

Bordão normal nos próximos dias é quem era Ricardo de morrer aparecer dizendo “tô com João!”. Tem gente até capaz de ir ao cartório inserir o sobrenome Azevedo no nome para garantir o contracheque.

Célio Alves, o vira casacas de Mari, é um desses. Já foi cassista e vivia desfilando com a esposa lá na Granja de Cássio jurando fidelidade. Na primeira oportunidade ficou com Ricardo e passou a falar igual a ele. E perseguir igual a ele também. E a fazer peraltices igual a ele também.

Agora fico sabendo que Célio até o futuro partido de João ele já disse que vai comandar em Guarabira e que é Alves, mas se sente desde pequenininho um Azevedo.

Não duvide que ele seja um desses que é capaz de ir no cartório mudar o sobrenome para se manter no poder e bajular seu novo amo.

Mas, soube, João tá vacinado.

Dércio Alcântara

Tags: Tags: