Fale Conosco

O PMDB completa 45 anos de vida e chega esbanjando saúde política. Fruto de sua aliança com o PT, Michel Temer é o vice-presidente da República. E só. Ou quase, pois o PMDB paraibano aguarda pacientemente a sua vez digerindo dossiês e outros apelos patéticos do PSB.

Por falar em Temer, ontem na festa do partido ele soltou o verbo e o tema, é claro, foram os cargos que o PMDB tem direito, mas estão no forno, talvez por falta de fermento.

“PT e PMDB fizeram aliança. Então, temos o direito de ocupar os cargos”, declarou Temer.

Fisiologismo? Temer respondeu à pecha com ironia:

“Daqui a pouco, se lançarmos um candidato à Presidência e ganharmos, não vamos indicar ninguém para o governo…”

“…Como não somos fisiológicos, vamos deixar [as indicações] para os outros partidos?”

Enquanto isso, Maranhão se mantém igual passarinho em tempo de muda: calado. Ou no máximo fingindo que disse alguma coisa sem ter dito nada, absolutamente nada.

O silêncio de Maranhão é tão grande que quase consigo ouvir seus pensamentos.

Silêncio!