Fale Conosco

Se eu fosse a nova secretária de Comunicação do Estado, Tatiana Domiciano, matava a cobra e mostrava o pau. Faço aqui o desafio para que entregue logo ao deputado Jandhuy Carneiro o relatório com as despesas da época do antecessor Nonato e acenda ou apague a fogueira da boataria de que ele tenha torrado sete milhões de reais com carro de som e palco.

Ninguém é besta e não precisa ir muito longe para encontrar indícios de que o esquema do ex-secretário de Comunicação, Nonato Bandeira, adota desde o início de sua entrada na vida pública o mesmo modus operandi.

Abra agora o sistema Sagres Online do Tribunal de Contas e descubra que desde o ano de 2005, início da gestão RC na PMJP, Nonato esconde interesses escusos através de notas fiscais empenhadas na SECOM municipal para supostos pagamentos de carros de som, palcos.

É uma prática antiga e que o acompanhou até o novo cargo na SECOM estadual. Se Nonato, como diz a boca miúda a secretária Tatiana Domiciano, mais uma vez usou e abusou da mesma prática, não o fez por conta e risco.

O uso da verba da SECOM para políticas nada públicas, favorecimento do grupo para propagar uma causa própria é uma coisa de saltar aos olhos. Ninguém me convence que o aluguel da Rásio Miramar FM,  o sustentos de um site euma revista e a movimentação fora de série do Coletivo Nonato Bandeira esbanjando saúide financeira em dezenas de viagens e a formatação de uma candidatura a prefeitura da Capital, não sejam indícios de um escandaloso esquema de desvio de recurssos públicos.

Chateado com os artigos desse blog pelos ataques ao seu Coletivo – “os três porquinhos” –  e com o fato da sucessora Tatiana está jogando pesado demais ao vazar notícias contra ele supostamente a mando da pré-candidata do PSB Estelizabel, Nonato mandou recado “ao Mago” através do seu mais fiel porta voz, o Jampa news, que republico abaixo: 

Bumerangue: ‘Denúncias’ vazadas por Tatiana colocam o pescoço do Mago na guilhotina
 

A coisa esquentou lá pelas bandas da Secom e a noviça Tatiana Domiciano sofreu a “primeira queda” ao açular os maribondos da imprensa. A história dos sete milhões supostamente gastos em carros de som e palcos para eventos “oficiais” e que serviu de banquete para os inimigos do Mago causou um dano irreparável a bela secretária e mais ainda a candidata Estela Bezerra que teria engendrado a “auditoria” para rastrear a gestão de Nonato Bandeira.

Como o buraco é mais em cima, os dados fornecidos a setores da imprensa que fazem cerrada oposição ao Mago abriu uma brecha no costado da já adernada balsa socialista; e o que estava previsto para ser apenas uma ameaça velada ao candidato do PPS pode transformar-se num redemoinho capaz de propiciar um pedido de impeachment do governador, caso a solicitação de informação feita pelo deputado Janduy Carneiro prospere e as acusações veladas realmente saiam do campo da suposição e se transformem em provas documentais.

O Jampanews apurou que esses setores da oposição instalados na imprensa ouviram o galo cantar, mas sem saber aonde. Caso a “auditoria” de Estela resolva mergulhar fundo na intenção de prejudicar o concorrente na disputa pela prefeitura, pode sobrar estilhaço para todos os lados e para todo mundo.

As conseqüências dessa “devassa” devem acarretar sérios e graves aborrecimentos ao Mago, sobretudo, porque o fogo amigo do esquema já estaria com as baterias carregadas e apontadas para a Granja Santana.

O que se sabe é que o alvoroço está intenso e tem gente arrancando os cabelos para tentar tapar o buraco por onde a água adentra tão abundante que pode levar ao fundo uma nau cujo timão há muito que saiu das mãos do timoneiro titular.

O feitiço virou contra o feiticeiro e o caldeirão de maldades engendradas para ferver os socialistas que não apreciam bolhinhas de sabão quase vira e queima as feiticeiras que passeiam de vassouras pelos corredores do poder.

A estratégia de bombardear o candidato do PPS teria relação com o pacto firmado entre Ricardo e Agra para a escolha do candidato do PSB. Pesquisas internas demonstram cada vez mais o declínio acentuado da candidata da primeira-dama e o ex-secretário teria apresentado um desempenho alentador que sinaliza para o robustecimento de sua candidatura.

Nessas circunstâncias, Estela não estaria apenas disputando com Agra a condição de candidata do esquema socialista. Ela estaria se transformando na terceira opção caso as pesquisas demonstrem a ascensão de Nonato.

A idéia de plantar denúncias contra o ex-companheiro de tantas jornadas não surtiu o efeito esperado e o que seria um incêndio localizado ameaça espalhar-se para todo organismo socialista caso os fatos evoluam para uma investigação mais rigorosa e mais abrangente.

Pois é, pelo alarido e pelo ranger de dentes e chiliques mil estaria acontecendo aquilo que o portal advertiu: “O que dá pra Biu dá pra Severino; o risco que corre o pau corre o machado; quem com ferro fere com ferro será ferido e quem brinca com fogo acaba por se queimar”.

Como a coisa é grave pode sobrar para todo mundo inclusive para o deputado que já reclamou da imprensa incendiária. Os protagonistas dessa história de trancoso, que envolve porquinhos e feiticeiras, estariam dispostos a ir às barras dos tribunais responsabilizar os supostos autores da denúncia, caso sejam verdadeiras as versões de que, a Secretária de Comunicação, Tatiana Domiciano, seria a fonte de onde brotou esse veio de indecências.

Fonte: JAMPANEWS