Fale Conosco

O Blog pára, a vida não. A notícia é dinâmica e não espera pela morosidade do blogueiro, antes tão acelerado e hoje defendendo a tese de que a conjuntura tá tão confusa que o melhor é observar.

Minha sorte é que tenho leitores pacientes e infiéis. Gostam o Blog, mas também se alimentam de outras fontes e, quando hiberno, se atualizam nas outras boas opções de leitura. Ufa! Ainda bem. Que responssabilidade seria apresentar uma única versão dos fatos.

Fiquei tão off do dia 31 de março pra cá, quatro dias, apesar de ser tão pouca a ausência, que uma pane acabou tirando de verdade o Blog do ar.

E foi esse atrevimento que me chamou a atenção. Aceitei a mesma manchete durante dias, mas me incomodei quando nem eu consegui me acessar para constatar o repetitivo.

Preciso esclarecer que quando fico se escrever é como se tivesse com banzo, catatônico diante dos teclados e temas que se multiplicam na conjuntura.

No entanto, continuo interagindo e interpretando a política. Inclusive postando opiniões nas redes sociais. Só fico sem querer postar nada e a obrigação de transformar tudo em análise.

Voltei. Voltem pra mim.