Fale Conosco

Note como o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues é incoerente: em julho de 2016, em entrevista à TV PB, no JPB 1ª EDIÇÃO, ele é questionado porque não faz concursos e tenta justificar botando a culpa no Sagres do TCE-PB, alegando que a corte teria errado nos números, mas conforme mostra o Sagres, não há erro do tribunal.

O que a corte mostra é algo mais interessante: De janeiro de 2016 a setembro de 2016 o número tanto de comissionados quanto de cargos contratados por excepcional necessidade (também apadrinhados) só cresceu, caindo após o período eleitoral de 2016 até janeiro de 2017. 

Outro ponto é que tais indicações políticas voltaram a crescer a partir de fevereiro de 2017 até maio deste ano, último mês enviado ao Sagres. Em janeiro de 2017 tinha 1.225 apadrinhados e em maio já chegou há 3.528. LINK DA DECLARAÇÃO DO PREFEITO: https://youtu.be/ZxaLopHzP14