Fale Conosco

Para bom entendedor, a primeira plenária do Partido dos Trabalhadores de Campina Grande, realizada ontem (08) no bairro do Novo Cruzeiro que reuniu dezenas de militantes petistas como a comunidade em geral, serviu para difundir as ações do partido como de seus aliados, trazendo a eles  os fatores que credenciam a legenda a ter candidatura própria este ano.

A reunião que ocorreu na residência do líder comunitário João Dantas serviu para os petistas mostrarem um pouco da trajetória política deste partido que mobilizou e mudou o Brasil, com suas políticas públicas que retiraram da miséria milhões de brasileiros reinserindo-os na sociedade economicamente ativa. Para o presidente do diretório do Partido dos Trabalhadores de Campina Grande (PT-CG), Alexandre Almeida o Partido dos Trabalhadores de Campina Grande não está preocupado somente em ter um nome para disputar, mas sim em ter alguém que consiga levar a mensagem do PT Nacional para a cidade. “Nós sabemos que Dilma tem um desafio enorme com esse programa Brasil Sem Miséria, que é o de erradicar definitivamente esse mal da sociedade, e o PT-CG quer isso e o nosso foco de programa de governo será montado sobre isso, pois nós acreditamos que dá mesma forma que o que Lula fez no Brasil nós podemos fazer em Campina”.

Apoio de Veneziano- Para ele o partido é um incentivador de 1ª hora do gestor campinense aonde vem liberando desde seu primeiro mandato inúmeras verbas para a cidade o que vem possibilitando a todos campinenses uma melhoria extraordinária em sua qualidade de vida.  Ele cita que quando o atual gestor assumiu a Rainha da Borborema conseguiu aumentar em mais de três vezes o número de PSF´s; além de asfaltar mais de 520 ruas com parcerias firmadas com o governo federal; ampliar e construir mais de 100 unidades de ensino; aumentar consideravelmente o número de beneficiados pelo Bolsa Família, o Programa Minha Casa, Minha Vida; o Programa Brasil Sem Miséria; dentre outras ações estruturantes. Sobre eventual segundo turno na cidade Alexandre acredita que partidos como o PP, PSC, PR, PMDB e PT marcharam unidos. “Esses partidos fazem parte da base aliada da presidente Dilma e com certeza estarão unidos em prol de um projeto de continuidade das ações administrativas  iniciadas por Veneziano”.

O presidente do PT de Campina continua com uma agenda intensa de compromissos, na tarde desta quinta-feira (09) estará sendo o entrevistado do programa Polêmica Paraíba que tem como apresentadores os comunicadores Gutemberg Cardoso e Nilvan Ferreira. “Levarei aos seus ouvintes o conhecimento dos programas federais desenvolvidos pelo governo da presidente Dilma em Campina que pretendemos ampliar ainda mais, caso o partido seja o escolhido para governar a cidade nos próximos anos. Como dizem nosso slogan: Agora é a vez do PT”.

 

Assessoria