Fale Conosco

Por meio das suas redes sociais, uma professora da rede municipal de Campina Grande, chamada de Isabel Maynart fez um apelo emocionado ao ainda prefeito da cidade Romero Rodrigues (PSD) do qual se diz eleitora. “Os professores precisam ser reconhecidos e não excluídos”, disse a educadora ao cobrar o 14º salário pago pelo prefeito a somente alguns docentes da rede municipal.

Professora respondeu a um post do prefeito, sobre o cumprimento, após cobranças Lei Complementar n º072, de 10 de abril de 2013 que obriga a efetivação do pagamento do 14º salário dos profissionais da Educação que elevaram no ano escolar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB.

“O senhor perdeu a oportunidade de fechar seu mandato, pagando o 14º salário a todos os professores que prestam serviços a população campinense, afinal nós professores que estamos na ponta, educando nossos alunos apesar das dificuldades que passamos nessas instituições. Os professores precisam ser reconhecidos e não excluídos, como o senhor faz agora”, disse Izabel em tom de desabafo.

Quem também deixou seu protesto contra o prefeito Romero foi o diretor de comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá: “Nossa solidariedade a todos os trabalhadores em educação de Campina Grande que não vão receber o prometido décimo quarto salário. Que os paraibanos também não esqueçam disso. Lamentável! A verdade sempre aflora”, comentou veja: