Fale Conosco

A série de invasões à sites de órgãos públicos fez a primeira vítima no Nordeste. Ontem a noite o site da PMJP apresentava um papel de parede preto com letras verdes e no rodapé havia informações que os ataques foram originados do Brasil e uma frase de revolta do hacker que dizia entre parênteses “país da desigualdade”.

Vale um questionamento: será que o ataque partiu dos mesmos grupos que invadiram sites do governo federal ou algum cibercriminoso se aproveitou da situação para atacar o site paraibano?

Até o momento ninguém assumiu o ataque, nenhum grupo se pronunciou, mas os responsáveis pela página eletrônica da PMJP disseram que o ataque não interferiu nos dados do site, disseram que o ataque fez um direcionamento da página principal.

Enquanto isso, o Brasil não tem leis específicas sobre crimes na internet nem segurança suficiente que dificulte o ataque.