Fale Conosco

A Prefeitura de João Pessoa abrirá mais dez leitos de UTI Covid-19 no Hospital Santa Isabel a partir desta segunda-feira (08). Além disso, foram recebidas cinco novas ambulâncias e 15 carros para apoio à vacinação na Capital. A ampliação de equipamentos faz parte do compromisso da prefeitura para salvar vidas no enfrentamento ao coronavírus.

O Santa Isabel agora passa a contar com 70 leitos, sendo 30 vagas na enfermaria da unidade hospitalar. No domingo (07), o a oferta de leitos do Hospital São Luiz também aumentou, passando de 20 para 40 leitos de enfermaria.

“Isso reflete o compromisso do prefeito Cícero Lucena e da Secretaria de Saúde em dar assistência à população. Isso parte de uma responsabilidade que vai salvar vidas. E uma coisa que garantimos é que não vai faltar assistência. Para isso fizemos contratações por processo seletivo de profissionais da saúde”, disse a secretária executiva da Saúde, Rossana Sá, que faz um apelo a população pessoense, pedindo respeito ao decreto com a restrição da mobilidade e locomoção. “Por favor, não aglomerem que juntos faremos a diferença. Usem máscara, usem álcool gel, mantenham o distanciamento social”, disse. A Paraíba faz parte dos três estados que ainda se encontram em bandeira laranja, junto com Sergipe e Bahia.

Novos leitos – Com a ampliação, a rede municipal de saúde passa a contar com 105 leitos de UTI, com a perspectiva de um aumento ainda essa semana de mais 25 no Prontovida. A rede conta também com um aumento de 17 leitos em Unidades de Decisão Clínica (UDC), que são leitos de estabilização, e estão distribuídos da seguinte forma: 12 nas UPAS e 5 no Prontovida.

Monitores – A Prefeitura recebeu na última quinta-feira (04) 40 monitores, onde 25 serão instalados no Hospital Prontovida, 10 no Hospital Santa Isabel e outros cinco entre as quatro unidades de pronto atendimento (Upas), para equipar leitos de estabilização.

Ambulâncias e carros de apoio – Também foram entregues neste domingo cinco ambulâncias, além de 15 carros de apoio, todos para o atendimento do Covid. Das cinco ambulâncias, três irão para a retaguarda das UPAS e duas para o Samu. Foram adquiridos ainda 15 carros de apoio que serão distribuídos para cinco distritos e serão utilizados para abastecimento de pontos de vacinação e na vacinação em domicílio.