Fale Conosco

A Polícia Militar acabou detendo, nesta quarta-feira (16), o prefeito da cidade de Sertãozinho, Antônio de Elói (Cidadania), por descumprir determinação da justiça eleitoral. O gestor foi acusado de causar aglomeração por ocasião de evento partidário naquele município, mas após intervenção do seu advogado foi liberado pela polícia. A autoridade policial deverá comunicar o ocorrido à Justiça Eleitoral.

De acordo com a informações divulgadas pelo portal Nordeste1, após convenção realizada na Câmara Municipal, nesta quarta-feira (16), centenas de pessoas aguardavam o prefeito para sair em arrastão pelas ruas da cidade, quando o gestor foi detido pela polícia e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil em Guarabira.

O prefeito teria sido preso por causar aglomeração e descumprir determinação da justiça eleitoral, que proibiu realização de convenção partidária com público, sob o argumento de que havia risco de contágio pelo novo coronavírus.