Fale Conosco

O prefeito de Patos, Nabor Wanderley, em entrevista a TV Contexto, na manhã desta quarta-feira (23), disse acreditar que não haja necessidade de publicação de decretos rígidos para o controle e diminuição da contaminação da Covid-19.

Nabor informou que com a publicação do decreto municipal anterior, houve uma resposta com relação às medidas necessárias aplicadas no documento para diminuir o fluxo de contaminação e que não superlotam os hospitais com pacientes infectados pelo coronavírus.

“O que está em jogo não é apenas a economia da cidade, o que está em risco são vidas de pessoas. Então, a melhor maneira da gente tocar isso sem decreto é que cada um, cidadão e cidadã, pense na sua vida, na vida da sua família, na vida dos seus amigos, do seu vizinho, de uma pessoa que pode está sendo contaminada no meio da rua por conta de uma aglomeração e que essa doença pode chegar dentro de nossas casas, e quando a gente procurar um leito de hospital a gente não ter esse leito para socorrer a gente na hora que a gente precisa. Então, é importante essa conscientização nesse momento”, alertou.

O prefeito continuou advertindo com relação ao uso de máscara, álcool 70%, respeito ao distanciamento social, evitar aglomeração para se proteger, garantir a vida e fortalecer a economia.

“Eu espero que não tenha mais necessidade, que a gente possa continuar fluindo bem fortalecendo a vida e claro, fazendo com que a economia funcione”, comentou.

Nabor Wanderley garantiu que os decretos do município seguem o que é estabelecido nos decretos do estado da Paraíba, sendo que o Governo possui uma equipe técnica que acompanha a evolução do vírus em todo o estado.

Força-Tarefa

O prefeito garantiu que a força-tarefa formada pelas secretarias do município e pela Polícia Militar continuará realizando fiscalizações em Patos.

Testagem aberta

Na realização das testagens abertas, está havendo uma média de 20% a 25% de pessoas contaminadas e assintomáticas.