Fale Conosco

O pré-canditado a prefeitura de João Pessoal, Renan Palmeira (PSOL), avaliou como positiva a primeira pesquisa de intenção de votos pesquisa estimulada na Capital, realizada pela Consult Pesquisa, em parceria com o Sistema Correio de Comunicação, e divulgada neste final de semana. “Mesmo pontuando na primeira pesquisa com uma margem de 0,2%, fiquei satisfeito. Meu nome ainda é desconhecido da grande população de João Pessoa, é a primeira candidatura que participo”, disse o pré-candidato.

Segundo ele, sem densidade eleitoral configurada, o PSOL ainda é um partido em construção e que conta com pouco espaço na mídia regional. Ainda assim, o primeiro pré-candidato homossexual a disputar as eleições majoritárias em uma capital brasileira, Renan diz que os números apresentados configuram aspectos importantes de diálogos com setores da população. “Entre pessoenses de classe média, a pré-candidatura obteve 1,3% da preferência, e quando apresentada a pessoas com ensino superior completo, obtivemos 0,6%, demonstrando uma possibilidade e disposição de crescimento real com os setores formadores de opinião em João Pessoa”, avaliou.

 

Renan ressalta ainda a importância do diálogo com outras forças políticas para a composição de uma Frente de Esquerda. “Até o início da campanha, em agosto, teremos diversas atividades que possibilitarão o crescimento da nossa pré-candidatura, consolidando uma frente de esquerda com PSTU, PCB, PCR e Consulta Popular”, finaliza o pré-candidato, que já conta com o apoio de figuras como os deputados estaduais Jean Wyllys (PSOL-RJ), Ivan Valente (PSOL-SP), a ex-senadora e vereadora Heloísa Helena (PSOL-AL), o compositor Vital Farias, o professor Nelson Junior, além de diversas lideranças socais.

 

Assessoria