Fale Conosco

Acabo de saber de mais uma novidade na saúde de João Pessoa. A Maternidade Cândida Vargas, que é municipal, interrompeu a campanha de coleta de leite materno porque está faltando (IMAGINEM!!) frascos de vidro.

Quer dizer, os recém-nascidos que necessitam do leite doado à Maternidade vão ficar com fome porque a Prefeitura não tem dinheiro para comprar frascos de vidro ou não previu o fim do estoque e se antecipou?

. Mas o absurdo é que a Cândida Vargas está pedindo que as pessoas façam doações de frascos.

Como é que um prefeito e uma Secretaria de Saúde se dizem responsáveis fazendo isso? Como a PMJP deixa para a população a obrigação de fornecer frascos para que as mães possam doar leite para bebês que necessitam deste alimento?

É muita cara de pau, afinal, a prefeitura de João Pessoa não está passando por crise financeira porque se estiver a culpa é do atual governador, que por lá passou seis longos anos.

A próxima campanha será para arrecadar óleo de peroba para esses governantes e seus secretários.