Fale Conosco

A ideia foi registrada em forma de charge pelo artista Régis Soares, que há mais de 20 anos mantém na frente de sua casa, na rua Etelvina Macedo de Mendonça, 265, Torre, exposições bem humoradas feitas diariamente. Régis Soares resolveu interpretar a negativa do governador Ricardo Coutinho em não querer pagar a “PEC 300” paraibana, criando o primeiro impasse na nova administração socialista entre policiais militares, civis e bombeiros. A charge foi feita em cima uma das músicas mais tocadas em todo nordeste, desde os famigerados paredões de som, passando pelos coletivos e sites de vídeos na internet, os hit “Vou não, quero não, posso não, minha mulher num deixa não”, do compositor pernambucano Reginaldo Alves da Silva. Na versão do chargista, a resposta de Ricardo a PM é a seguinte: “PEC 300 ? “Posso não, pago não, minha mulher não deixa não”!