Fale Conosco

O parecer técnico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pediu a rejeição das contas de campanha do governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB).

De acordo com a Justiça Eleitoral, foram constatadas irregularidades em contratos, falta de comprovação de despesa com  pessoal de mobilização e erros em doações de campanha para a campanha do socialista.

O TRE informou que o governador deixou de informar a origem de doações de recursos para a sua campanha. Um repasse de R$ 475 mil feito pelo diretório nacional do PSB chamou a atenção dos analistas do órgão.

A quantidade de motoristas registrados na prestação de contas – apenas 17- foi incompatível com o número de veículos locados junto aos fornecedores “Localiza Rent a Car” (200 contratos) e “Mavi Locadora de Veículos Eireli ME” (3 notas fiscais), de acordo com informações da Justiça Eleitoral.

Os técnicos ainda apontaram que Ricardo Coutinho não comprovou a realização de termos aditivos em  contratos para a locação de veículos, aeronaves e imóveis e seus respectivos pagamentos. O socialista gastou R$ 14.115.123,59 e arrecadou R$ 13.017.971,77.

BG