Fale Conosco

As vésperas de acontecer um dos eventos mais privilegiados da Paraíba quando o assunto é carnaval: o Folia de Rua, o governador do Estado Ricardo Coutinho negou apoio ao evento e despertou insatisfação na maioria dos artistas e dos parlamentares que lutaram desde o início para a consolidação da festa.

O deputado Luciano Cartaxo criticou veementemente a postura de Ricardo: “Ele deveria se lembrar que foi criado dentro do Folia de Rua, e que nas eleições para o governo enquanto ele era candidato, fez vários arrastões simulando o desfile das Muriçocas do Miramar e agora chama isso de política do pão e circo?”, indagou Luciano.

O petista criticou Coutinho pela falta de incentivo a cultura: “No ano passado não realizamos Fenart, esse ano também não teremos. Não se foi investido um centavo no São João”, enfatizou Cartaxo.

O “descuido” de Ricardo Coutinho, de acordo com Luciano reflete o que a maioria dos paraibanos comenta nos recantos do Estado: “O projeto do PSB esgotou-se para João Pessoa”, disse.

Cartaxo comparou as administrações de Ricardo Coutinho a frente da prefeitura de João Pessoa e a gestão Estadual: “Como governador ele não chega nem a sombra do prefeito. Ele deveria calçar as sandálias da humildade”, finalizou.