Notícias

Para escapar das suspeitas de fraude na licitação da SECOM, Nonato Bandeira terá que chamar os universitários

Só há uma maneira de Nonato Bandeira driblar o que todo mundo comenta por aí no que se refere à licitação das agências de publicidade. Lavar com água sanitária as propostas que serão apresentadas no próximo dia 27, disponibilizando-as na internet.

Todo mundo sabe que a licitação será um jogo de cartas marcadas e as seis agências vencedoras estão entre as que têm afinidade política ou arrumadinhos de by pass com o Coletivo RC.

Que tal Nonato chamar os universitários para afastar as suspeitas, tirar as manchas, desencardir?

Explico. Deixar que uma comissão inexpressiva e hermética avalie o que já está avalizado é muita bandeira.

Chamar os estudantes de comunicação, publicidade, marketing, relações públicas e mídias digitais para decidir com critérios técnicos é o máximo da transparência e o governador ganharia ponto ao convocar a sociedade para interagir.

O problema é que com a ampliação da banca examinadora esse choque de democracia atropelaria interesses e muitos ficariam só com o gostinho do dim dim da Secom na boca…

Desafio o secretário de Comunicação a disponibilizar as propostas na internet e convocar a comunidade de comunicação para opinar.

Eu sei que estou tirando o caviar da boca de quem já gasta por conta, mas se Nonato quiser escapar das suspeitas que recaem sobre essa licitação que abra o leque e chame os universitários.

Quer água sanitária melhor do que essa? Lava a sujeira e deixa tudo limpinho no Show do Milhão.