Notícias

O que a Revista Veja viu, o povão já tinha visto, mas tem gente que fecha os olhos para não ver

Uma coisa é o que os ouvintes remunerados dizem nas rádios que pagam a folha graças ao repasse mensal da Secom Estadual, outra é a relidade muito distante das mentiras que diariamente a dupla diinâmica da comunicação oficial pede para espalhar contra a gestão Luciano Cartaxo.

Uma pesquisa publicada neste final de semana na Revista Veja desmente a onda artificial criada para inviabilizar a reeleição do prefeito de João Pessoa.

Lá, a avaliação da gestão Cartaxo foi aferida com 55% dos entrevistados classificando-a como ótima e boa. Ou seja, aprovada. E, segundo o cientista político Alberto Almeida, nessa faixa estão os gestores com chances reais de reeleição e Cartaxo e Marcos Alexandre, prefeito de Rio Branco, Acre, foram os dois petistas melhor avaliados entre nove principais prefeitos do PT no Brasil inteiro. Mas o estudo do cientista não se resumiu apenas as administrações petistas não. Ele avaliou 76 gestões.

Mas, não é por causa dessa matéria da Veja – que inclusive inclui Cartaxo na faixa dos prefeitos com chance de reeleição – que passo a fazer uma avaliação positiva da administração municipal.

Tive acesso a um relatório das obras em andamento e fiquei surpreso com o volume na fase dos 75% e com a localização da maioria.

A tese da gestão é que a classe média e média alta avalia uma gestão pela limpeza urbana, qualidade do asfalto e ações de mobilidade, tipo novos corredores. E, convenhamos, a gestão tem o que mostrar nesse aspecto, pois dezenas de novos corredores foram disponibilizados, todos bem pavimentados e sinalizados. Praças no bairros nobres estão bem cuidadas e com equipamentos de ginástica e a limpeza urbana melhorou muito.

Mas o que surpreende na gestão mesmo é a quantidade de obras entregues ou em andamento nos bairros da zona sul, onde a população prioriza saúde e educação.

Upas, UBSFs, CREIS, CRAS, creches, escolas e também obras de mobilidade, praças com academias, academias, e um esforço para a limpeza urbana não gerar antipatia.

Vi no relatório que as obras da calçadinha começaram pelo lado do morador e quem for a orla vai perceber a padronização do lado oposto da praia. E que agora a calçadinha propriamente dita entra em execução.

Quem desce do Altiplano pela avenida duplicada que a gestão Cartaxo fez e desafogou o trânsito, logo se depara com um canteiro de obras na Beira Rio, exatamente naquele trecho onde o Rio Jaguaribe transbordava e alagava com qualquer chuvinha. Sem falar que a transversal Beira Rio/Epitácio tá prontinha.

Tenho dito que João Pessoa deu sorte nas últimas décadas com os administradores que elegeu e Cartaxo teve a coragem de mexer com o Parque Solon de Lucena, coisa que muitos evitaram ou apenas fizeram reformas cosméticas.

Apesar das críticas, prestem atenção na revolução em andamento na Lagoa. Vai mudar muito. Por enquanto tem gerado reclamações, revolta de comerciantes que serão relocados e críticas apressadas e venais.

Se Cartaxo conseguir executar o que planejou, concluirá esse primeiro mandato com aprovação surpreendente e a aprovação que a Revista Veja aferiu e publicou e apenas o começo dessa escalada.