Notícias

O “não” de Wellington Roberto a Temer potencializou seu nome para voos maiores

Estava embarcando para Brasília ontem quando encontrei o deputado federal Wellington Roberto no aeroporto e acabamos botando a conversa em dia a bordo da Avianca.

Um velho e bom amigo, sempre tivemos grande afinidade e tenho três eleições vitoriosas dele como amostra do meu currículo de marqueteiro.

Sem cerimônias ou pedir reservas, ele me diz que vai mesmo disputar uma das duas vagas de senador e que dessa vez não aceitará ser atropelado por Wilson Santiago, como foi em 2010.

Como todos sabem, Wellington foi suplente de Humberto Lucena e assumiu como senador com o seu falecimento, ficando anos naquele paraíso legislativo.

Pé no chão, Wellington disputou sua primeira eleição para um cadeira de deputado federal e de la pra cá já contabiliza quatro mandatos consecutivos.

Vejo como natural essa pretensão de volta à Casa que estreiou e se for candidato, ganha.

 

Dércio Alcântara