Fale Conosco

1. É hoje! Botafogo (PB) e Fortaleza se enfrentam, nesta quarta-feira (29), no estádio Almeidão para decidir o título da Copa do Nordeste. Para ser campeão durante os noventa minutos de jogo, o time paraibano necessita de uma vitória por dois gols de diferença. Também há a possibilidade de título nos pênaltis, caso o Belo iguale a diferença no placar (1×0, 2×1, 3×2, etc). Quinze mil ingressos foram vendidos antecipadamente. O Almeidão deve receber o maior público do futebol paraibano nos últimos anos.

2. O corpo do cantor Gabriel Diniz foi enterrado no Cemitério Parque das Acácias, no José Américo, zona sul de João Pessoa, no fim da tarde desta terça-feira (28). O sepultamento foi restrito para parentes e amigos do cantor, mas fãs e admiradores se reuniram na entrada do local. Gabriel Diniz morreu na queda de um avião no início da tarde da segunda-feira (27), em Sergipe.

3. A Polícia Militar da Paraíba já apresentou na central de flagrantes o acusado de tentar furtar, na tarde desta terça-feira (28), a repórter do SBT Márcia Dantas, em João Pessoa. Ele foi identificado como Geraldo Martins do Rio, de 48 anos, e tinha saído do presídio de Igarassu, em Pernambuco, no dia 21 deste mês, onde cumpria pena por receptação de objetos roubados e furtados.

4. O relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), estuda excluir mudança proposta pelo governo na fórmula de cálculo da aposentadoria que poderia diminuir o valor do benefício. Hoje, os 20% menores salários são desprezados na hora de computar a aposentadoria. Essa regra beneficia os trabalhadores. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) quer que sejam consideradas todas as contribuições previdenciárias. Isso reduziria o valor do benefício.

5. A pedido do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o Senado aprovou nesta terça-feira (28), em votação simbólica, a versão vinda da Câmara da medida provisória da estrutura ministerial, tirando o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do guarda-chuva do Ministério da Justiça e enfraquecendo o titular da pasta, Sergio Moro.

Da redação