Fale Conosco

Márcia Lucena, ex-prefeita de Conde, voltará a se defender judicialmente durante a 10ª fase da Operação Calvário. Isso porque surgiu uma nova denúncia contra a ex-gestora, apontando que ela e a ex-secretária de educação da cidade, conhecida como Cida Uchôa, seriam o “Braço Operacional” da ORCRIM, grupo responsável por desenvolver um esquema de corrupção dentro da Secretaria de Educação do Estado da Paraíba.

A dupla teria atuado em parceria no contrato nº 241/2014, da Secretaria de Educação da Paraíba, cujo montante era de aproximadamente R$5 milhões junto à empresa GRAFSET. Cida operou como administradora do contrato e Márcia seria a contratante da empresa.

Márcia e Cida de são acusadas pelo Gaeco por crimes da lei de licitações (Art 89), Peculato-desvio (Art 312 do código penal), pedindo também a reparação de mais de 2 milhões de reais aos cofres públicos.

Cida Uchoa foi secretária de educação do município de Conde entre 2017-2020 quando Márcia Lucena estava à frente da prefeitura de Conde. Durante a gestão Lucena, foram fechados vários contratos com a empresa GRAFSET para aquisição de livros, fato semelhante ao acontecido quando atuavam juntas no Governo do Estado da Paraíba.