Fale Conosco

Através de uma reportagem do Portal950 ficamos sabendo que mais uma vez o prefeito da cidade de Sousa, Fábio Tyrone, perdeu as estribeiras, desceu do salto e aprontou o maior barraco.

Só que desta vez o bafafá aconteceu em Patos, onde Tyrone teria tomado todas e acabou batendo no carro de um cabeleireiro.

Temendo represálias e por não dispor de provas tipo vídeo ou fotografia, o pessoal do Portal950, com sede em Sousa, hesitou em citar o nome, mas apurou evidências, entrevistou o cabeleireiro e chegou à mesma conclusão que nós aqui do blog: era sim o prefeito trapalhão, os rastros confirmam.

Veja a matéria do portal:

Na madrugada da última quinta-feira recebemos a informação de que um prefeito da região estava desde a manhã em um hotel em Patos, teria bebido muito e à noite batido em um carro parado no estacionamento do hotel. Depois teria agredido verbalmente o seu dono, um cabeleireiro.

Você internauta, deve estar dizendo: “Esse filme eu já vi. É requentada!”. E a resposta é: “Não”. O filme se repetiu mais uma vez, em outro local. 

Depois que o PORTAL950 recebeu a informação durante a madrugada, manteve contato via telefone com a recepção do hotel, que confirmou tudo: o prefeito estava sim hospedado lá, estava embriagado, e tinha se envolvido em um acidente com o carro do cabeleireiro do hotel.

A reportagem então resolveu se deslocar até a cidade de Patos, para fazer a cobertura do caso, buscando provas e depoimentos que provassem o ocorrido. Porém, não teve condições de se deslocar ainda durante a madrugada. 

As informações davam conta de que o prefeito teria passado o dia bebendo no local, e durante a noite, completamente embriagado, estaria querendo a todo custo voltar para casa. Tentando fazer isso, colidiu com o carro do cabeleireiro na saída do hotel. Ainda segundo as informações, uma mulher que acompanhava o gestor conseguiu, após o acidente, convencê-lo a dormir por lá. 

Na manhã da sexta, a reportagem se deslocou até Patos para realizar a reportagem. Chegando lá, localizou o cabeleireiro, que quando percebeu que se tratava de uma equipe de imprensa, ficou nervoso, com medo, podendo-se perceber claramente que es tava com as mãos trêmulas. Ele confirmou a colisão com respostas monossilábicas, ficou ainda mais nervoso, disse que não podia mais falar e saiu correndo, abandonando o salão. 

Depois de ouvir o cabeleireiro, a reportagem conversou com uma série de outras testemunhas do fato. Entre elas, encontramos uma moça que se identificou como amiga da acompanhante do prefeito, e concordou em falar sem gravar entrevistas e sem ter sua identidade revelada. Segundo ela, o prefeito estava com a moça desde as 11 horas da manhã no hotel, bebendo na beira da piscina. Vale ressaltar que o gestor é casado, e não estava na companhia de sua esposa. 

A moça ainda revelou que, na manhã seguinte, ao acordar ainda ressacado, o prefeito quase enlouqueceu ao se dar conta dos fatos ocorridos no dia anterior. Segundo ela, ele saiu à s pressas oferecendo dinheiro aos funcionários e a gerência do hotel, para que o caso fosse abafado, e não vazasse na imprensa. Segundo a moça, o prefeito previa a presença do PORTAL950 no local, tanto é que alertou aos funcionários que não dessem informações a sites que deveriam aparecer lá. Após a distribuição de dinheiro, o prefeito se evadiu o mais rápido que pôde do local, antes da chegada da equipe do site.

A colisão não foi registrada em Boletim de Ocorrência, pois a polícia não foi solicitada, visando não tornar público o caso. Como já haviam se comprometido com o gestor, os funcionários do hotel não gravaram entrevista. 

Sem provas formais, apesar de todas as evidências e depoimentos em “off”, o PORTAL950 não pôde divulgar o nome do dito cujo. Durante a sexta , o site colocou em destaque o aviso que a “bomba” poderia explodir a qualquer momento, e continuou a buscar provas documentais. Mas o dinheiro derramado no hotel apagou o pavio da bomba. Mesmo assim, o site, visto que tudo tinha realmente tinha acontecido e sido abafado, não poderia deixar de mostrar a verdade ao internauta. 

Não citamos o nome do chefe do executivo aqui, mas damos as seguintes “pistas”: 

1º – É reincidente 
2º – Controla um dos maiores orçamentos do Estado, no Sertão
3º – Já é famoso nesses casos
4º – Tenta a todo custo desmoralizar o portal, mesmo sabendo que tudo isso é verdade
5º – Se você deduziu um nome, está com 99,99% de chance de ter acertado

E tem mais uma coisa: Dessa vez ele co nseguiu escapar e abafar as provas, mas o PORTAL950 está em alerta. Se surgirem provas formais, o site irá revelá-las e divulgar o nome do dito cujo.