Fale Conosco

Leia com muita atenção o texto abaixo, pois o signatário é suplente de Toinho do Sopão, afirma que o mesmo está atolado até o pescoço em irregularidades, que vai ser expulso do partido a qual está filiado e que poderá acabar cassado. 

“Tudo começou na cobertura dos nomes indicados pelo Governador Ricardo Coutinho no Canal 40. Quando informou o nome de Geovane Medeiros para Emater. 

O mesmo é natural de Santa Luzia, de onde eu também sou, e gerou um comentário negativo a minha pessoa, uma vez que mesmo sem ter certeza o jornalista de plantão afirmou tratar-se de Giovane – ex-presidente da Câmara Municipal de Sapé, que havia sido preso por condenação em processo de improbidade administrativa. Isto foi publicado  na matéria publicada na data mencionada. 

Como sempre tive um bom relacionamento com todos que compõem o grupo Correio da Paraíba, pois exerci o mandato de vereador por 12 anos, dos quais fui três vezes Presidente da Câmara de Sapé, inclusive: Secretario de Finanças, Controle Interno de tantos outros que me confiaram, inclusive no Governo Estadual e Federal, resolvi solicitar singelamente que proceda a retificação. 

Em 2000 fui preso preventivamente por força de um processo de Tentativa de Homicídio, do qual fui a júri popular e absolvido e nada mais. Deixei o mandato e fui para Arapiraca, onde ocupei a Secretaria de Planejamento e a Diretoria de Contabilidade até o ano de 2008. Foi quando retornei a Paraíba e fui nomeado Presidente do Diretório do PTN em Sapé. Todos os cargos que ocupei e que exerci o poder de ordenar despesas, as cotas foram julgadas pelo TCE, e todas foram aprovadas. Nunca respondi qualquer processo por improbidade administrativa, nem por crime de responsabilidade. A prova é que fui candidato a deputado estadual pela Coligação Uma Nova Paraíba III e fui eleito suplente de deputado estadual. Estou apto a assumir qualquer cargo, sou ficha limpa, Contador e Estudante de Direito. 

Uma vez que o deputado eleito Toinho do Sopão foi quem propagou em meu desfavor o equívoco cometido, aproveito a oportunidade para levar ao conhecimento da Imprensa, que em breve o mesmo estará sendo julgado por falta de ética e conduta desrespeitosa pela Direção Estadual do Partido, que é comandado pelo Engenheiro Fábio Agra, atual Secretário Executivo do Governo de Ricardo. 

Estarei protocolando um dossiê completo sobre todos os atos vedados aos filiados do nosso Partido, e que o mesmo ignorou e ainda continua ignorando. 

Há vídeos indecentes, contratos pactuados, cheques e despesas de campanha não declaradas, processos trabalhistas contra o mesmo em razão de não pagamento a prestadores de serviços e todo tipo de condutas abomináveis praticadas por ele. 

Inclusive sobre a sopa que o mesmo fornece, e que o fez se passar por uma pessoa de bom coração, isso não fosse a cobrança para tal sopa, e que sempre sobrou mais do que se gasta. 

Como sou hoje o primeiro suplente do partido e com a Liminar concedida através do MS 29988, me estabelece o direito para pleitear da mesma forma o mandato. 

Só estamos aguardando a tramitação e julgamento através da Comissão de Ética para que o Toinho seja cassado pelos inúmeros atos de quebra de decoro e desrespeito aos milhares de paraibanos que deram o seu voto e que foram enganados por ele”. 

Nessa sopa têm mosca, barata e pimenta demais. Esse Toinho parece que vai acabar no paredão!