Fale Conosco

Poucos sabem, mas morreu na madrugada deste domingo (28), o cabo reformado da Polícia Militar de nome Antônio Augusto da Silva, conhecido na Paraíba como “Apito de Ouro”.

A causa da morte foi falência múltipla dos órgãos. Antônio Augusto da Silva tinha 76 anos e estava internado há quase 1 ano no Hospital Universitário (HU), em João Pessoa.

Conhecido na Paraíba desde a década de 1970, o cabo era querido pela população e chamava a atenção pelo jeito bem-humorado com que coordenava o trânsito nos cruzamentos movimentados da cidade.

Apito de Ouro não usava nem arma nem talonário, e inventou uma “linguagem própria” de gestos para fazer o fluxo de trânsito nos cruzamentos da cidade em uma época que semáforos e outros recursos ainda não existiam.

Em 2016, o Batalhão de Policiamento do Trânsito Urbano de Rodoviário da Paraíba inaugurou um auditório que leva o nome do Cabo da PM Reformado.