Fale Conosco

Desaparecida desde o sábado (12), quando desembarcou em João Pessoa, a modelo Lorrayne Damaris da Silva, de 19 anos, foi encontrada morta na manhã deste domingo (19), na BR-230, próximo ao distrito de “Café do Vento”. O ex-namorado da vítima, principal suspeito do crime, foi preso na Bahia.

Conforme informações da Polícia Cívil, o corpo da jovem, já em estado de decomposição, foi achado com o auxílio do Corpo de Bombeiros, às margens do Rio Paraíba, em um matagal. Ainda segundo a polícia, a modelo foi morta no final de semana passado, em um imóvel na cidade de Lucena, onde os dois teriam ido após a modelo chegar na capital paraibana.

O preso deve chegar à Paraíba na quarta-feira (23) onde será encaminhado para Central de Polícia de João Pessoa. Também deverá ser realizada uma coletiva de imprensa para dar mais detalhes sobre o crime.

De acordo com familiares, Lorrayne desembarcou no aeroporto Castro Pinto, na Grande João Pessoa, após vir de Brasília, no sábado passado, 12 de dezembro. Após sair da aeronave, a modelo enviou uma mensagem para a mãe informado que iria dormir na capital paraibana e que, no dia seguinte, viajaria para Campina Grande, no Agreste do estado.