Fale Conosco

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que adora seguir o perfil de Jair Bolsonaro nas declarações impactantes sobre sua área de atuação, voltou a bater nos ambientalistas que defendem a preservação da Amazônia nesta quinta-feira (31), ao dar entrevista na Jovem Pan.

Segundo Salles, os ambientalistas “querem transformar a Amazônia num ‘Simba Safari’ que ninguém pode tocar”. “Há pessoas que precisam trabalhar lá”, diz o ministro.

Salles ainda defende a necessidade de encontrar um certo “mecanismos de dinamismo econômico na Amazônia”. “Pessoas que querem trabalhar estão sendo jogadas na ilegalidade. Essas ONGs não querem exploração responsável de manejo de madeira… Parece que querem jogar as pessoas que moram na Amazônia em outro lugar. Brasileiros se prestam a esse papel vergonhoso”, diz o ministro.

A informação é da coluna Radar da Veja.

Da redação