Fale Conosco

O prefeito reeleito de Bananeiras, Douglas Lucena (PSB), se fez publicar no Jornal Oficial do Município do último dia 17 de janeiro de 2017, um contrato de prestação de serviços junto aos conselhos das escolas da rede municipal de ensino fundamental, apoio técnico do setor de licitação, elaboração/remessa da GFIP dos servidores municipais e individualização do FGTS dos ACS – Agentes Comunitários de Saúde no Município de Bananeiras-PB. Tudo dentro da normalidade se o contratado não fosse o escritório de contabilidade do seu sogro FRANCISCO DE ASSIS GOMES PINTO, padastro da sua esposa (Maryjanne Lucena) que também é Secretaria de Saúde da cidade, bem como esse processo foi feito sem o processo licitatório.

O contrato no valor de R$ 48 mil, tem como objeto a prestação de serviços técnicos contábeis especializados, assessoria, consultoria junto aos conselhos das escolas da rede municipal de ensino fundamental, apoio técnico do setor de licitação, elaboração/remessa da GFIP dos servidores municipais e individualização do FGTS dos ACS – Agentes Comunitários de Saúde no Município de Bananeiras-PB no exercício 2017. 

Dente as “atribuições” do escritório dirigido pelo sogro está prestar assessoria quanto à questão do INSS dos agentes comunitários de saúde. Lembrando que a secretaria de saúde é a esposa do prefeito. Ele prestará serviços para a secretaria da filha/enteada. Vale ressaltar que no processo é dado a INEXIGIBILIDADE ou seja, por ser técnico não necessita de licitação. Confira o Diário Eletrônico no link: https://goo.gl/CwRJLQ

Parentes na prefeitura – A mídia estadual recentemente, divulgou que os nomes que vão compor o quadro da prefeitura na gestão 2017/2020.  Um dado interessante é que o gestor e seu vice Guga Aragão nomearam para o primeiro escalão do seu governo inúmeros parentes. Guga é sobrinho do ex-deputado Ramalho Leite e foi indicado pelo mesmo para compor a chapa.

Para a pasta da Secretaria Municipal de Saúde, já ocupada por Clélia Lucena(Tia do Prefeito) no ano de 2013, o prefeito nomeou sua esposa Maryjanne Lucena; para o Desenvolvimento Social, pasta já ocupada pela primeira-dama, foi nomeada Carolina Ramalho (Sobrinha de Ramalho e Prima do Vice); Adjunto da Procuradoria: Ricardo Ramalho Filho (Primo do Vice e Neto de Ramalho); Planejamento: Guga Aragão Ramalho (O Próprio Vice); IBPEM: Augusto Aragão (Cunhado de Ramalho e Pai do Vice) e Adjunta do IBPEM: Ana Ramalho (Tia do Vice e irmã de Ramalho).  Apesar de jovens, práticas políticas atrasadas permearam a escolha do secretariado, como se pode observar.

Várias secretarias sofreram alterações, com surpresa para alguns nomes, a exemplo do professor da UFPB, Genival Azeredo, e do ex-prefeito de Dona Inês, Antônio Justino, que assumiram respectivamente a pasta de Educação e Procuradoria Geral do Município.

Confira:

 

Redação